Sábado, 20 de Julho de 2019
SUSTO
Vítima de “1º de Abril”, Igreja anuncia velório de mulher viva em Conceição do Mato Dentro – OUÇA ÁUDIO

Parentes entraram em contato por telefone com a envolvida para confirmar que a informação era falsa

Publicado em 01/04/2019 - 17h20

O Santuário Bom Jesus de Matosinhos, em Conceição do Mato Dentro, na região Central de Minas, cometeu um equívoco ao anunciar a morte de uma pessoa viva nos serviços de alto-falantes da igreja. O episódio aconteceu após a instituição ter sido vítima de um trote relacionado ao “Dia da Mentira”. Nesta tarde de segunda-feira, 1° de abril, o anúncio errado provocou transtornos aos familiares, que assustaram com o pronunciamento.

Ao ouvir o trote, parentes da vítima entraram em contato por telefone com a envolvida para confirmar que a informação era falsa. Depois do erro, o Santuário pediu desculpas em mensagem de som repudiando a “brincadeira” :

“Comunicamos aos familiares, parentes e amigos de P. N.A. o aviso de falecimento equivocado. Foi uma falta de respeito com todos. Um trote passado ao escritório paroquial. Desde já pedimos desculpas à comunidade, em especial aos familiares de P. N.A.”.

De acordo com os responsáveis pelo anúncio, foi a primeira vez que uma situação assim ocorreu. A partir de agora, informaram, os avisos de falecimento serão feitos apenas mediante apresentação do atestado de óbito.

Dia da Mentira

A brincadeira surgiu na França no começo do século 16, com a chegada da primavera. As festas, que incluíam troca de presentes e animados bailes noite adentro, duravam uma semana, terminando em 1º de abril.

No Brasil, o primeiro de abril começou a ser difundido em Minas Gerais, onde circulou “A Mentira”, um periódico de vida efêmera, lançado no 1º de abril de 1828, com a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte. “A Mentira” saiu pela última vez em 14 de setembro de 1849, convocando todos os credores para um acerto de contas no dia 1º de abril do ano seguinte, dando como referência um local inexistente.

 

 


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.