Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
Baixaria
Agressão física entre vereadores marca reunião na Câmara de João Monlevade; VEJA O VÍDEO

Para provar que membro da oposição não tinha direito ao uso da palavra, líder de governo atirou livro da Tribuna no rosto do colega; ânimos estavam exaltados em discussão sobre obra viária

Publicado em 11/04/2019 - 09h53
Crédito: Reprodução vídeo

A sessão de quarta-feira, dia 10, na Câmara de João Monlevade, terminou em briga. O  líder de governo na Casa, Sinval Jacinto (PSDB) agrediu o colega da oposição Belmar Diniz (PT) com o livro de registro para falas na Tribuna. Belmar revidou o ataque com o próprio objeto.

A reunião ordinária na Casa Legislativa de João Monlevade acontece toda quarta-feira, às 17h. A pauta em debate era uma obra no bairro Santa Cecília, alvo de várias reclamações de moradores em relação à qualidade dos trabalhos.

O assunto exaltou os ânimos dos legisladores. A agressão aconteceu depois que o petista criticou Sinval, que fazia  uso da palavra livre em defesa da atuação da prefeita Simone Moreira (PSDB). “Nossa, como que a verdade dói tanto. É difícil acreditar na realidade e a maior falha do governo é essa”, disse Belmar.

O líder de governo interrompeu a fala e informou que o nome do companheiro não constava no registro oficial de solicitantes para usar a tribuna. “Senhor presidente, estou com o livro de Tribuna e o nome do Belmar não consta aqui não”, gritou.

Belmar reagiu e disse que seu nome constava no documento e disparou contra Sinval. “Alguém empresta uns óculos para esse rapaz, por gentileza”. Sinval então se dirigiu até a Tribuna com o livro na mão e o atirou contra o rosto de Belmar, que imediatamente revidou a agressão, arremessando o objeto de volta contra o petista.

O presidente da Câmara, Leles Pontes (PRB), que evitou se envolver na confusão, confirmou a ausência do nome do vereador no livro e esclareceu o equívoco. “Foi um erro da secretária, ela esqueceu de passar o nome dele da lista para o caderno”. A troca de farpas entre os dois legisladores é rotina em todas as reuniões, mas nunca tinham chegado às vias de fato.

Confira o registro da confusão:


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.