Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
REPRESSÃO
Tiros, perseguição e acidente: suspeitos de integrarem quadrilha de roubo a bancos são presos em Itabira

Dois envolvidos foram detidos após intensa movimentação policial na rodovia MG-129, que dá acesso ao município

Publicado em 07/02/2019 - 12h25
Suspeitos de integrarem quadrilha estavam em carro roubado - Foto: Thales Benício

A noite dessa quarta-feira, 6 de fevereiro, foi de movimentação intensa na MG-129, entre o bairro Chapada e o trevo do Itabiruçu, em Itabira. Dois homens suspeitos de integrarem uma quadrilha de roubo a bancos foram presos após uma perseguição policial que terminou em acidente automobilístico. Houve disparos de arma de fogo.  

Os envolvidos estavam em um Fiat Uno amarelo. Policiais rodoviários que faziam patrulhamento no entorno de Itabira já haviam desconfiado do veículo quando ainda transitava pela BR-381. Horas depois, o mesmo carro foi visto passando pelo bairro Chapada, em atitude suspeita.

Os militares deram ordem de parada ao motorista, que desobedeceu e aumentou a velocidade sentido bairro Barreiro. A perseguição teve início. Os militares pediram reforço para que fosse montado uma operação de bloqueio. Os policiais afirmam ter notado que em determinado ponto do percurso o passageiro colocou uma arma para fora e ameaçou atirar. Os rodoviários, então, responderam com disparos no pneu traseiro esquerdo do Fiat Uno, que acabou furado.

Carro só parou após acidente – Foto: Thales Benício

Depois de cinco quilômetros de perseguição, o motorista perdeu o controle do carro. O veículo rodou na pista e bateu contra um barranco, já próximo à localidade de Rio de Peixe. Um dos envolvidos tentou escapar escalando o monte de terra, mas acabou interceptado pelos policiais. O outro foi detido dentro do carro.

O condutor do veículo afirmou aos militares que não obedeceu à ordem de parada porque não possui habilitação para dirigir. O outro envolvido, no entanto, relatou que os dois estavam indo para a cidade de Ponto dos Volantes, no Vale do Jequitinhonha, onde integrariam uma quadrilha que planejava um roubo a banco.

A arma que estava com os dois suspeitos foi encontrada na manhã desta quinta-feira (7), às margens da MG-129. A pistola semiautomática, calibre 9 milímetros, tinha a numeração raspada. Ela estava carregada com 17 munições e tinha ainda um carregador reserva com mais 18 balas.

Perseguição terminou com dois suspeitos presos – Foto: Thales Benício

O homem que relatou o plano aos policiais contou ainda que havia sido contratado para participar do roubo via mensagem de celular. Por meio do chassi do veículo, os militares se certificaram de que o Fiat Uno havia sido roubado na última terça-feira (5), no bairro Dom Bosco, em Betim. O condutor alegou que comprou o automóvel por R$ 20 mil, em um bazar na internet.

Por causa da batida, o carro ficou bastante danificado. O veículo foi rebocado e encaminhado a um pátio credenciado. Após a perícia, seria restituído ao proprietário. Já a arma encontrada na rodovia foi entregue na Delegacia de Polícia Civil, junto dos dois suspeitos presos.

Suspeitos carregavam arma e munições – Foto: Thales Benício

Os militares de Itabira fizeram contato com a polícia de Ponto dos Volantes para repassar as informações obtidas e souberam que outras três pessoas foram presas e um menor de idade apreendido naquela cidade. Todos são suspeitos de integrar uma quadrilha que havia saído da cidade de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para cometer o crime.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.