Segunda-feira, 17 de Junho de 2019
PREOCUPAÇÃO
Rompimento de barragem afetaria 2,4 mil pessoas em São Gonçalo do Rio Abaixo; VEJA ÁREAS

Área de mancha delimitada pela Defesa Civil de Minas Gerais atravessa a cidade

Publicado em 02/04/2019 - 15h54
Defesa Civil delimitou área de mancha em São Gonçalo do Rio Abaixo - Foto: Divulgação

São Gonçalo do Rio Abaixo terá nesta quarta-feira, 3, o simulado de evacuação de moradores dentro do plano de emergência de barragens. O município é vizinho a Barão de Cocais, cidade que hospeda a estrutura de contenção Sul Superior, da Vale, elevada ao nível máximo de risco de rompimento no último dia 22.

A Defesa Civil mapeou a extensão que seria atingida em São Gonçalo caso a barragem se rompa em Barão de Cocais.  A área de mancha corta todo o município, impulsionada pelo rio Santa Bárbara. Pelo menos 2.444 pessoas estão nas chamadas zonas de salvamento secundárias (ZSS) e teriam que deixar suas residências em caso de um desastre envolvendo a estrutura da Vale.

O número de afetados, no entanto, pode ser maior, já que a área de mancha também inclui a MG-129, na divisa com a mina de Brucutu, onde há população flutuante por causa do fluxo de veículos.

Veja as áreas mapeadas pela Defesa Civil (clique nas fotos para ampliá-las):

Para a simulação desta quarta-feira foram sinalizados pela Defesa Civil 13 pontos de encontro na sede do município e no distrito de Vargem Grande. Segundo cálculo dos órgãos de defesa, a lama demoraria sete horas e 45 minutos para chegar ao primeiro ponto mapeado.

Pontos de encontro: 


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.