Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019
abuso
Preso, ex-secretário de Esportes de Barão de Cocais deve responder por importunação sexual e fornecer bebida alcoólica a adolescente

Conforme informações da Assessoria de Imprensa, o suspeito foi preso em flagrante

Publicado em 09/01/2019 - 17h43
Foto: Imagem Ilustrativa/Arquivo DeFato

A Polícia Civil de Minas Gerais informou à DeFato Online na tarde desta quarta-feira, 9 de janeiro, que o secretário de Esportes,  Fabrício Coimbra, exonerado sob acusação de abuso sexual em Barão de Cocais, está preso em uma Unidade Prisional de Minas Gerais.

Conforme informações da Assessoria de Imprensa, o suspeito foi preso em flagrante por importunação sexual, enquadrado no artigo 215 do Código Penal, e por fornecer bebida alcoólica a adolescente, que consta no artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Ele foi encaminhado ao sistema prisional e encontra-se à disposição da Justiça. A polícia não pôde informar a cidade em que o suspeito está detido.

O procedimento corre em segredo de justiça, para preservar e proteger a vítima, que é menor de idade.

Saiba mais do caso

A Prefeitura de Barão de Cocais manifestou, em nota, a imediata exoneração do servidor público de 30 anos. O motivo do desligamento do servidor foi a acusação de abuso sexual, em que a vítima era uma jovem menor de idade. Segundo o comunicado da prefeitura, qualquer forma de assédio, abuso ou comportamento inadequado é repudiado pela administração e que “o compromisso da gestão é, mais do que nunca, com o respeito à dignidade e às liberdades individuais”.

Na nota, a prefeitura afirmou acreditar no direito à ampla defesa garantido pela nossa Constituição Federal, e espera que, desse modo, Fabrício possa ter tempo e espaço para se defender e prestar os devidos esclarecimentos à Justiça, sem nenhum ônus ao bom funcionamento da Secretaria de Esportes.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.