Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
CONFUSÃO
Presidente da Câmara de João Monlevade diz que comissão de ética será criada para apurar agressão entre vereadores

Os vereadores Sinval Jacinto (PSDB) e Belmar Diniz (PT) se envolveram em um episódio de agressão na Casa nesta quarta-feira,11

Publicado em 11/04/2019 - 12h33
Vereadores reprovam a atitude dos colegas do PSDB e PT

O episódio de agressão entre os vereadores Sinval Jacinto (PSDB) e Belmar Diniz (PT) na Câmara de João Monlevade nesta quarta-feira, 11, durante a reunião ordinária tem repercutido negativamente entre os representantes do Legislativo. Segundo Leles Pontes (PRB), presidente da Casa, nos próximos dias a mesa diretora deverá se reunir para criar uma comissão de ética e apurar a conduta dos vereadores.

“Não temos um conselho de ética. Vou montar uma comissão para formar daqui pra frente. Toda vez que levantamos essa questão na câmara, os vereadores desistem. Agora precisamos fazer para apurar a conduta dos envolvidos e confirmar o regimento interno da Câmara”, disse Leles.

Ainda de acordo com o presidente, todos os vereadores reprovaram a atitude. “Foi bem no final da reunião, já estávamos indo embora quando começou a confusão. Os vereadores não concordam com o que aconteceu. A briga entre eles já é antiga, por conta de questões partidárias”, finalizou.

O  líder de governo na Casa, Sinval Jacinto (PSDB) agrediu o colega da oposição Belmar Diniz (PT) com o livro de registro para falas na Tribuna. Belmar revidou o ataque com o próprio objeto. A agressão aconteceu depois que o petista criticou Sinval, que fazia  uso da palavra livre em defesa da atuação da prefeita Simone Moreira (PSDB).

 


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.