Domingo, 16 de Dezembro de 2018
POSICIONAMENTO
Presidente da Anglo American pede desculpas por vazamento em mineroduto

Em vídeo divulgado pela mineradora, Ruben Fernandes afirma que a empresa está tomando todas as medidas necessárias para minimizar impactos do incidente

Publicado em 13/03/2018 - 09h31
Ruben Fernandes gravou vídeo para se posicionar sobre vazamento - Reprodução

O presidente da Anglo American no Brasil, Ruben Marcus Fernandes, usou as redes sociais da empresa para divulgar um vídeo sobre o vazamento do mineroduto em Santo Antônio do Grama. O executivo pede desculpas pelo ocorrido e afirma que a mineradora está tomando todas as providências para garantir o reestabelecimento do abastecimento de água no município da Zona da Mata de Minas Gerais.

O vazamento aconteceu na manhã dessa segunda-feira, 12 de março. Imagens captadas por moradores mostram uma impressionante rajada de minério expelida pelo local em que houve o dano no mineroduto. O produto foi atirado em um córrego na zona rural e chegou ao ribeirão Santo Antônio e ao manancial que abastece à população local. Após o ocorrido, a empresa suspendeu o envio de minério pela tubulação.

“Primeiramente, gostaria de pedir desculpas. Assim que soubemos do incidente, mobilizamos todos os recursos necessários para controlar a situação: caminhões pipa, maquinários e uma equipe exclusiva. Nos dedicamos também a prestar todos os esclarecimentos necessários à população e às autoridades”, diz Ruben Fernandes.

De acordo com a Anglo American, o material despejado na água de Santo Antônio do Grama consiste em 70% de minério de ferro e 30% de água. O resíduo é classificado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) como não perigoso, o que não afasta a preocupação da população. Equipes técnicas da Anglo American foram enviadas à unidade para apoio às equipes locais.

“Nossa atuação foi compartilhada com todos os órgãos responsáveis: defesa civil, prefeituras, Ibama, Copasa e órgãos do Governo Estadual. A produção de minério de ferro foi interrompida, pois o mais importante agora é garantir o abastecimento de água às comunidades próximas ao incidente”, continua o presidente da empresa no Brasil.

A Anglo American solicitou à Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) a interrupção do abastecimento de água aos moradores de Santo Antônio do Grama. A empresa está providenciando caminhões pipa para garantir o fornecimento de água para a população afetada. Como medida de segurança complementar, foi bloqueado o acesso ao local do vazamento.

“Quero tranquilizar a todos e ressalto que a Anglo American é uma empresa comprometida com as pessoas e com o meio ambiente e que não medirá esforços para controlar a situação”, finaliza Rubens Fernandes.  

Em nota, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Semad) informou que a situação está sendo monitorada por equipes do órgão e da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), responsável pelo abastecimento de água em Santo Antônio do Grama. Ainda não foram fornecidas informações sobre possíveis penalidades à empresa por parte do órgão estadual ambiental.

Veja o pronunciamento do presidente da Anglo American: 

LEIA TAMBÉM


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.