Quarta-feira, 20 de Junho de 2018
SAÚDE
Prefeitura de Itabira dá início às atividades do projeto Vida Ativa em 2018

O projeto Vida Ativa acontece por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Itabira e os clubes Ativa, Arfita e Valeriodoce, e as associações dos bairros Gabiroba e João XXIII

Publicado em 13/03/2018 - 10h41
Projeto Vida Ativa foi aberto oficialmente em 2018 - Acom PMI

Proporcionar um envelhecimento ativo e saudável é um dos principais objetivos do projeto Vida Ativa. O programa iniciou, na tarde dessa segunda-feira, 12 de março, as atividades para o ano de 2018. Promovido pela Prefeitura de Itabira, o evento aconteceu no clube Ativa e contou com a presença de mais de 300 participantes do projeto.

Em seu discurso, o prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) lembrou aos participantes que “quem chega à terceira idade, independentemente de sua condição física, deve buscar exercícios que melhorem a flexibilidade, o fortalecimento dos músculos, o equilíbrio. Tudo isso significa uma melhor qualidade de vida para nossa população”. O prefeito disse ainda estar muito contente por iniciar as atividades do projeto para este ano. Segundo ele, o Vida Ativa é um dos programas mais completos proporcionados pelo poder público aos idosos.

“Por meio do Vida Ativa, os participantes têm oportunidades de lazer, cultura, turismo, práticas esportivas e muitas outras. E com tudo isso, ganham mais saúde e qualidade de vida. Por isso, fico muito feliz por abrir mais um ano de programação deste projeto”, concluiu Ronaldo Magalhães.

Prefeito Ronaldo Magalhães engrandeceu projeto – Acom PMI

Já para o atual responsável pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude, o secretário municipal de Educação José Gonçalves Moreira, o grande mérito do Vida Ativa é trabalhar em grupo, com atividades recreativas, que estimulam a memória, concentração, lateralidade, equilíbrio e cooperação.

“É função do projeto Vida Ativa contribuir para que um maior número de pessoas alcancem as idades avançadas com a saúde em melhor estado possível. Este projeto é muito importante para nossa cidade. Acredito que poucos municípios têm um projeto tão bonito quanto este. Então, cabe a nós, e esta é uma determinação do nosso prefeito, implementar, sempre inovar com algo a mais para esta turma bacana da terceira idade. O Vida Ativa, apesar de ser da SMELJ, contribui muito para a saúde dessas pessoas. Porque mente sã é corpo são. Quanto mais ativos eles forem, menos remédios eles tomaram. Estamos aqui combatendo a depressão, o desânimo, o Alzheimer. Colocando a mente para funcionar”, disse.

Abertura reuniu grande público – Acom PMI

Participante do núcleo da Arfita há muitos anos, Maria da Piedade Silva Simões acredita que as atividades do projeto mudaram sua vida. “Este projeto veio para somar. Quando entrei para o Vida Ativa, eu não tinha nem idade para participar. Mas para acompanhar minha mãe e por recomendações médicas, comecei a frequentar. Gostei tanto que continuo até hoje. Começamos nossa Vida Ativa no ano de 1993, e estamos completando 25 anos. Vida Ativa é saúde, amizade e compromisso com nós mesmos”, ressaltou a participante.

Durante o evento, foi exibido um vídeo sobre a qualidade de vida do idoso. Em seguida, a terapeuta ocupacional Maria Alves Ferreira ministrou a palestra “A estimulação da memória na terceira idade”. Um vídeo sobre a programação do Vida Ativa para 2018 também foi exibido ao público. Após a solenidade, os participantes tiveram uma hora dançante.

O projeto Vida Ativa acontece por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Itabira e os clubes Ativa, Arfita e Valériodoce, e as associações dos bairros Gabiroba e João XXIII. Outras informações sobre o projeto podem ser adquiridas pelo telefone 3839-2202.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.