Domingo, 21 de Julho de 2019
compras públicas
Prefeitura de Itabira comprou R$ 90 milhões de empresas locais em 2018

Os dados são da Secretaria Municipal de Administração/Coordenadoria de Contratos

Foto: Divulgação Acita

A Prefeitura de Itabira apresentou nesta quinta-feira (11) dados sobre compras locais a empresários durante um Café Empresarial, realizado na sede da Acita. De acordo com os números apresentados, as compras e contratações efetuadas com fornecedores locais, em 2018, somaram R$ 90.867.127,60. Os dados são da Secretaria Municipal de Administração/Coordenadoria de Contratos.

No ano passado, as contratações de serviços e obras somaram R$ 137.563.955,04 e as compras efetuadas, R$ 15.007.979,05. Dos serviços e obras realizadas, R$ 86.320.531,88 (62,7%) foram contratados em empresas de Itabira. No que diz a respeito às compras, R$ 4.546.595,72 (29.4%) foram efetuadas em Itabira.

O Café Empresarial foi uma iniciativa inédita da gestão do prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) para desenvolver a economia itabirana. “Nós queremos trazer os fornecedores locais e regionais para fazer o equilíbrio dessa balança. Verificamos nos nossos estudos em anos anteriores que nós temos feito um volume de compra muito significativo com fornecedores fora da nossa cidade”, comentou o secretário municipal de Auditoria Interna e Controladoria, Fernando Muniz da Neiva.

Segundo o secretário, muitos comércios com potencial ainda não participam dos processos de licitação. Fernando Muniz explica que microempresas e empresas de pequeno porte têm algumas prioridades e preferências nos processos. “É preciso que o empresário conheça e entenda isso para que ele possa participar e usufruir dessas vantagens que têm”, comentou.

Fernando Neiva (E) é secretário municipal de Auditoria Interna e Controladoria – Foto: Divulgação Acita

Responsabilidade

Muitas pessoas e empresas ainda têm o sentimento de que é difícil vender para prefeitura e que existe muita burocracia. Outras temem inadimplência por parte do Executivo. O secretário de Auditoria Interna e Controladoria argumenta que a prefeitura trabalha com responsabilidade.

“Hoje o prefeito governa a cidade com responsabilidade. Uma das questões que resolvemos é sobre a capacidade de pagar o que compra ou o serviço que contrata. Isso é prioridade. É necessário que primeiro você arrume a casa, tenha condição de pagar o fornecedor. Principalmente o pequeno fornecedor, que não consegue ficar 60, 90 dias esperando sem receber. Hoje os nossos pagamentos estão regulares”, ponderou Fernando Muniz.

Capacitação

A intenção foi também promover junto aos empresários uma capacitação sobre processos de licitação com ênfase na Lei Complementar 123, que concede tratamento diferenciado para empresas de pequeno porte e fornecer percentual de compras da participação de empresas itabiranas.

A presidente da Acita, Cidinha Lana, destacou a importância da aproximação do governo municipal e empresariado. “Percebe-se que é a primeira vez que o órgão público procura as entidades para fazer parte e ter parte do aprendizado. Essa será uma etapa onde vamos precisar de nos cadastrar no Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead/UFMG), nos qualificarmos com preços e principalmente qualidade para participarmos de licitação local ou regional”, ponderou Cidinha Lana.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.