Sábado, 20 de Julho de 2019
CADASTRO
Prefeitura de Catas Altas faz campanha para incentivar empresas a se oficializarem no Ministério do Turismo

Atualmente, 13 empresas do setor estão cadastradas na cidade, entre agências de turismo, hotelaria e transportadora turística.

Publicado em 20/08/2018 - 08h31

Com intenção de profissionalizar e melhorar o setor de turismo do município, a Prefeitura de Catas Altas está iniciando uma campanha para incentivar os prestadores de serviços turísticos a se cadastrem no Cadastur, um sistema de cadastro nacional que tem o objetivo de reunir todos aqueles que estejam legalmente constituídos e em operação.

Atualmente, 13 empresas do setor estão cadastradas na cidade, entre agências de turismo, hotelaria e transportadora turística. Das 16 pousadas instaladas no município, apenas duas fazem parte do cadastro.

Esse banco de dados, além dos inúmeros benefícios para o setor, é uma importante fonte de consulta para o mercado turístico brasileiro. “É muito importante para esse setor estar cadastrado legalmente. Transmite mais confiança e segurança para o turista que busca pelo serviço no município. E, desta forma, todos ganham: a empresa com mais clientes e a cidade, recebendo mais visitantes e se desenvolvendo economicamente”, explica o secretário de Turismo e Cultura, Lucas Nishimoto.

Além disso, o cadastro no Ministério do Turismo também é importante para a captação de recursos federais por meio da Prefeitura. “É com base nesses dados que o governo consegue mensurar o nosso potencial turístico. Quanto menos estabelecimentos cadastrados, menos a cidade aparece no mapa turístico brasileiro. Ou seja, é de suma importância que nosso trade turístico se conscientize e se cadastre”, completa Nishimoto.

Segundo portaria 39/2017 do MTur, somente municípios classificados entre ‘A’ e ‘D’ (a última posição é ‘E’) podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turístico. Catas Altas está na categoria C.

A classificação é feita a partir de quatro variáveis de desempenho econômico – número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais.

O CADASTUR é executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os Órgãos Oficiais de Turismo das Unidades da Federação.

Ele é gratuito e é obrigatório para acampamento turístico; agência de turismo; guia de turismo; meio de hospedagem; organizadora de eventos; parque temático; e transportadora turística.

E é opcional para casa de espetáculos & equipamento de animação turística; centro de convenções; empreendimento de entretenimento e lazer & parque aquático; locadora de veículos para turistas; empreendimento de apoio ao turismo náutico e à pesca desportiva; prestador especializado em segmentos turísticos; prestador de infraestrutura de apoio para eventos; e restaurante, cafeteria, bar e similares.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.