Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Gerais
Polícia retira mais 5 nomes da lista de desaparecidos em Brumadinho

Segundo o órgão, até o momento, 38 nomes foram retirados desde que a Delegacia de Polícia Civil em Brumadinho começou as investigações

Publicado em 20/04/2019 - 15h43

A Polícia Civil de Minas Gerais retirou mais cinco nomes da lista de desaparecidos da tragédia da Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Até o momento, 231 pessoas morreram após o rompimento da barragem 1 da Mina Córrego do Feijão, em 25 de janeiro deste ano.

De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, com a retirada dos cinco nomes, agora são 41 desaparecidos. Segundo o Corpo de Bombeiros, as buscas seguem na região neste sábado, 20 de abril.

Em nota, a Polícia Civil explicou o motivo da retirada dos cinco nomes, que inclui nomes com grafia errada, pessoas que haviam sido localizadas vivas e continuavam na lista, além de suspeitas de estelionato.

Confira a nota completa:

“A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) solicitou, esta semana, a exclusão de mais 5 nomes da lista de desaparecidos em Brumadinho. 

Até o momento, 38 nomes foram retirados desde que a Delegacia de Polícia Civil em Brumadinho começou as investigações para apurar certos equívocos.

Assim como nas outras exclusões, os pedidos tiveram como fundamento os trabalhos que demonstraram as irregularidades. Em determinados casos, familiares e/ou conhecidos incluíram os referidos nomes de maneira equivocada; em outros, a pessoa foi localizada viva. Alguns familiares também se enganaram e incluíram nomes com grafia errada que alteravam a escrita e até o próprio nome.

Além dos equívocos, houve a inclusão feita por suspeitos de estelionato. Eles cadastraram os nomes de pessoas que não estavam na região a fim de conseguir vantagem econômica com as doações.”


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.