Terça-feira, 21 de Maio de 2019
INUSITADO
Noivos se casam em área verde no meio de avenidas em João Monlevade

É a primeira vez que o município tem um casamento em via pública

Publicado em 27/04/2018 - 10h31
Afonso e Jhuly inovaram e se casaram em área pública - Foto: Niemar Silva

Uma cerimônia inusitada marcou a união do casal Afonso da Silva Gandra Júnior e Jhuly Aleksandra Ambrósio, em João Monlevade. Os noivos disseram o “sim” em meio a uma estrutura armada em uma área verde entre as avenidas Getúlio Vargas e Wilson Alvarenga, as duas mais movimentadas da cidade, no bairro Belmonte. O matrimônio aconteceu no último sábado, 21 de abril.

O casamento foi destaque na edição desta sexta-feira, 27 de abril, no Jornal A Notícia, de João Monlevade. Ao veículo de comunicação, o noivo contou que sempre sonhou em se casar ao ar livre e pesquisou na internet cerimônias parecidas que já ocorreram em outras cidades. “Vi fotos desse estilo de casamento na Praça do Papa, em Belo Horizonte e também em praças de São Paulo e achei muito bacana. Um amigo meu se casou, em 2013, na praça da estação em Pedro Leopoldo e foi muito bonito. Por isso, pensei nesse local”, contou.

Afonso e Jhuly se conheceram em fevereiro do ano passado, em um encontro evangélico, em João Monlevade. Trocaram telefones e começaram a namorar no mês seguinte. Em dezembro, ficaram noivos e marcaram a troca de alianças para abril. “Quando falei com a Jhuly da ideia de casar na praça, ela estranhou um pouco, pois o local estava com muito mato e lixo, mas eu já imaginava que ficaria ótimo. Nos deu um pouco de trabalho, por causa da burocracia, pois ninguém nunca tinha feito um casamento assim na cidade. Buscamos a autorização da Prefeitura, que apoiou, limpando o local. Graças a Deus, deu tudo certo”, disse Afonso ao A Notícia.

Área em que foi realizado o casamento – Foto: Google

A decoração do espaço foi de uma empresa de Santa Bárbara, do primo da noiva. “Trabalhamos e sonhamos juntos. Fizemos uma cerimônia muito melhor do que esperávamos, considerando os nossos recursos limitados. Todo mundo abraçou a ideia, nossa família e nossos convidados, e deu tudo certo”, exaltou Afonso.

O casal é membro do Centro Internacional de Avivamento, do bairro Santa Bárbara. O casamento, que contou com mais de 300 convidados, foi celebrado por um pastor da congregação.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.