Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
DISCUSSÃO
Mineração em Conceição do Mato Dentro será debatida por deputados

Impactos ambientais, sociais e econômicos gerados pela Anglo American Minério de Ferro serão avaliados

Publicado em 08/04/2019 - 11h18
Anglo American explora minério de ferro em Conceição do Mato Dentro - Foto: Divulgação

Os impactos ambientais, sociais e econômicos decorrentes das atividades da Anglo American nos municípios de Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas serão debatidos em audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A reunião, solicitada pela deputada Beatriz Cerqueira (PT), será realizada nesta terça-feira, 9, às 16 horas, no Auditório José Alencar.

De acordo com a assessoria parlamentar, os moradores da região reclamam de escassez de água provocada pela atividade minerária. Em comunidades do entorno dos municípios, o plantio para o próprio consumo já teria sido afetado pela seca dos cursos d’água. Além disso, a audiência também buscará apurar denúncias de lideranças comunitárias que estariam sofrendo ameaças.

Essas e outras ocorrências foram levantadas em visita da deputada à região nos dias 16 e 17 de fevereiro deste ano. “Toda escuta que fiz será transformada em ações para impedir que a violação do direito à água, do direito à justiça e a omissão do Estado sejam perpetuadas”, ressalta a parlamentar, que acrescentou que se encontra “angustiada pelo sofrimento que vi lá”.

O projeto de mineração em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas deverá produzir até 26,5 milhões de toneladas de ferro por ano ao fim da implantação da terceira fase do Minas-Rio. Para fazer o transporte do minério a Porto de Açu, no Rio de Janeiro, é utilizado um mineroduto com 525 km de extensão.

A tubulação do mineroduto Minas-Rio se rompeu no dia 12 de março de 2018 em Santo Antônio do Grama (Zona da Mata), atingindo o Ribeirão Santo Antônio. O vazamento provocou o escoamento de 70% de minério de ferro e 30% de água, comprometendo, na época, o abastecimento de 3 mil consumidores.

Convidados

Foram convidados a participar da reunião o promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, André Sperling Prado, e a moradora da Comunidade do Passa Sete, Elizete Pires de Sena, dentre outros.

Todas as reuniões do Plenário e das comissões são transmitidas ao vivo pelo Portal da Assembleia. Para acompanhá-las, basta procurar pelo evento desejado na agenda do dia. Além disso, quem não puder comparecer à reunião poderá fazer parte do debate por meio da ferramenta Reuniões Interativas do Portal, que estará disponível no momento da audiência. Questionamentos e dúvidas poderão ser encaminhados e, ao final, serão respondidos pelos convidados.

Lista de convidados:

  • Adriano Tostes de Macedo (Confirmado) (representando Germano Luiz Gomes Vieira)
    Analista da Secretaria de Estado Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
  • André Sperling Prado
    Promotor de Justiça Coordenador de Inclusão e Mobilização Social – CIMOS – Ministério Público do Estado de Minas Gerais
  • Juliana Deprá Stelzer (Confirmado)
    Coordenadora Estadual do Movimento Pela Soberania Popular na Mineração
  • Ana Flávia Moreira Santos
    Antropóloga e Pesquisadora do Grupo de Estudos em Temáticas Ambientais – Gesta/UFMG
  • Patricia Generoso Thomaz Guerra
    Integrante da Rede de Acompanhamento e Justiça Ambiental dos Atingidos do Projeto Minas – Rio
  • Elizete Pires de Sena (Confirmado)
    Moradora da Comunidade do Passa Sete
  • Denise de Castro Pereira (Confirmado)
    Professora e pesquisadora independente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.