Sábado, 15 de Dezembro de 2018
CONVOCAÇÃO
Metabase de Itabira clama por união entre sindicatos para negociar com a Vale

Em carta, entidade afirma que a empresa passa por seu melhor momento econômico e que, “mesmo assim, insiste em um reajuste mínimo aos trabalhadores”

Publicado em 11/11/2018 - 07h00
André Viana, do Metabase de Itabira, quer união entre sindicatos - Foto: DeFato

O Sindicato Metabase de Itabira e Região, em parceria com o Metabase Inconfidentes, divulgou uma carta nessa sexta-feira, 9 de novembro, convocando outras entidades sindicais com representação na Vale para uma negociação conjunta com a mineradora. No documento, a instituição itabirana cita dificuldades em torno das tratativas para o Acordo Coletivo 2019 e diz que a situação exige união.

“A empresa está em um dos seus melhores momentos econômicos, batendo recordes de produção e lucratividade, mas, mesmo assim, insiste em um reajuste mínimo aos trabalhadores, além de impor cláusulas que restringem o acesso à justiça por parte dos trabalhadores e sindicatos”, afirma o Metabase, em um dos trechos da carta.

O sindicato de Itabira e a Vale já estiveram em duas rodadas de negociações para o ACT19. Em ambas, os representantes dos trabalhadores rejeitaram as propostas na própria mesa. De acordo com o Metabase, a oferta da Vale é de 5% de reajuste salarial, além de outras cláusulas mais específicas (confira aqui!).

Desde que assumiu a presidência do Metabase de Itabira, André Viana tem se queixado da desunião no setor sindical. Uma de suas propostas de campanha foi justamente buscar trabalhar em parceria com outros representantes. “Não há absolutamente nada que justifique essa separação”, afirma o dirigente.

Na carta, o Metabase de Itabira e Região e o Inconfidentes comentam já estarem em conversas com os sindicatos de Mariana e Carajás. O documento, então, é direcionado ao grupo “Unidade Sindical”, composto pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias dos Estados do Espírito Santo e Minas Gerais (Sindfer), Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Extração, Pesquisa e Benefício de Ferro, Metais Básicos e Preciosos (Sindimina/RJ) e Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias dos Estados do Maranhão, Pará e Tocantins (Stefem).

“(…) para que possamos realizar uma reunião unificada entre todos os sindicatos do Brasil, discutir melhor a contra proposta apresentada pela Vale e apresentar uma nova proposta de maneira unitária, para fortalecer nossa luta nesta negociação”, escrevem os sindicatos. “Também estamos dispostos a realizarmos mobilizações e atos unitários em todo o Brasil, como forma de pressionar a Vale a oferecer um reajuste digno e retirar as cláusulas que prejudicam os trabalhadores neste ACT”, completa, em outro trecho.

Por fim, os sindicatos convidam os demais para uma reunião em Itabira. A data sugerida é a do feriado de 15 de novembro.

LEIA TAMBÉM


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.