Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Luto
Homenagens marcam despedida de Myriam Brandão

Discursos, lembranças, declamação de poeta e canções marcaram a despedida

Publicado em 14/03/2019 - 22h50

O saguão da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade ficou cheio para a despedida Myriam Brandão na tarde desta quinta-feira, dia 14. Familiares, amigos, artistas e amigos da ex-professora e ex-gestora de cultura do município se reuniram para prestar homenagens póstumas antes do enterro que foi realizado no cemitério do Cruzeiro. Discursos, lembranças, declamação de poeta e canções marcaram a despedida.

“Dona Myriam, minha avó, foi uma pessoa excepcional para Itabira porque ela só plantou amor por onde passou. O legado que ela deixa é de muito amor, muito carinho. Todo mundo tem uma história boa para contar dela. Ela ensinou pra todo mundo alguma coisa. Era uma pessoa muito simples, muito inteligente e muito culta”, disse João Victor Brandão.

Clique aqui e veja depoimentos de parentes e amigos de Myrian no Stories do Instagram de DeFato Online.

Laércio Brandão lembrou o legado que sua mãe deixou para Itabira. O sentimento da família, neste momento, é de resignação. “Estamos hoje juntos e cercado de amigos, de pessoas que reconhecem o valor dela para a comunidade aqui em Itabira. Pessoas humildes, pessoas de todos os tipos vieram fazer essa despedida dela. Minha mãe foi uma pessoa que deixou exemplos, só exemplos positivos. Ela distribuiu amor por onde passou. É uma perda muito grande, mas a gente tem orgulho. Sentimos que ela cumpriu a sua missão enquanto mãe, como chefe de família – já que ficou viúva muito jovem, e prestou importantes serviços para a comunidade. Estamos resignados”, declarou Laércio Brandão.

A Companhia Itabirana de Teatro prestou uma homenagem à Myriam Brandão ao declamar o poema Memória, de Carlos Drummond de Andrade, e cantar o poema “Para sempre”. O ator Júlio Rodrigues destacou a importância de Myriam na cultura itabirana. “Antes de existir a Fundação Cultural ela teve todo um trabalho, construiu o Festival de Inverno. Então, acho que a cultura tem muito que agradecer por tudo que ela fez por Itabira”, ponderou o ator.

“Perdemos a grande dama da cultura itabirana, a pessoa que pensou nos festivais, na população, na cidade, vivendo dias e momentos de muita cultura. Foi uma pessoa à frente do seu tempo, ela marcou uma época e deixa um legado importantíssimo para a cultura e para as pessoas que militam na cultura. Posso afirmar que dona Myriam fez escola”, destacou a superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade, Martha Mousinho.

A servidora de carreira da Fundação Cultural, Solange Duarte Alvarenga, também prestou homenagem à ex-gestora de cultura de Itabira. O padre Márcio Soares deu a benção final e levou palavras de conforto a todos presentes na despedida de Myriam Brandão.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.