Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
BARRAGENS
Gerente da Vale confirma ida à Câmara na semana que vem

Convite era para que Rodrigo Chaves fosse ao Legislativo nesta terça-feira, 12 de fevereiro, mas o executivo alegou compromissos e agendou a presença

Publicado em 12/02/2019 - 10h07
Rodrigo Chaves estará na Câmara na terça-feira da semana que vem - Foto: DeFato

O gerente executivo da Vale em Itabira, Rodrigo Chaves, confirmou que estará na Câmara de Vereadores na semana que vem. O convite feito pelo Legislativo, a partir de requerimentos do primeiro secretário André Viana (Pode), era para que o engenheiro fosse à Casa nesta terça-feira, 12 de fevereiro, mas ele alegou outros compromissos nesta data e pediu para que o encontro ficasse para o dia 19.

Segundo André Viana, Rodrigo Chaves respondeu que está atendendo demandas em função do ocorrido em Brumadinho e do acionamento do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM), em Barão de Cocais. O executivo ainda disse que nesta terça-feira terá uma reunião com a Defesa Civil de Itabira, para discutir o plano de emergência das barragens do município.

O convite para que Rodrigo Chaves compareça à Câmara é justamente para tratar da segurança das barragens, tema que voltou ao cotidiano dos itabiranos após mais uma tragédia na mineração. Em Brumadinho, na última parcial divulgada pelo Corpo de Bombeiros, eram 165 mortos e 160 desaparecidos após o rompimento da Barragem I da Mina Córrego do Feijão.

Apesar de ter que aguardar mais uma semana, o vice-presidente da Câmara considerou positivo o retorno do gerente da Vale. “Extremamente importante a presença do Rodrigo Chaves naquela Casa. A população itabirana está com os nervos à flor da pele desde o rompimento da barragem em Brumadinho e o ocorrido em Barão de Cocais piorou a situação. Afinal, tem muita gente falando pelos cotovelos, sem conhecimento de nada, espalhando fake news e é hora de colocarmos tudo às claras, em pratos limpos”, argumentou o vereador. 

André ressaltou teve uma reunião com Rodrigo Chaves e o engenheiro André Fernandes na semana passada. Na ocasião foi comunicado a “necessidade urgentíssima” de um acompanhamento de engenheiros independentes, paralelo à empresa. A intenção é que esses técnicos emitam laudos, pareceres e até mesmo auditem os serviços realizados nas estruturas.

Ainda segundo o parlamentar, Rodrigo Chaves, no ofício de resposta à Câmara, afirmou que é importante para a Vale se posicionar perante a sociedade e adiantou que a mineradora articula a criação de um grupo de trabalho que apresentará nos próximos dias um plano para elevar o padrão de segurança das barragens. Essa medida foi anunciada pelo presidente da mineradora, Fabio Schvartsman, logo após o rompimento em Brumadinho.

André Viana disse esperar que o encontro da próxima terça seja “uma reunião respeitosa” e que tenha como objetivo “atender o clamor popular”. “Ouvir a Vale neste momento e apresentar sugestões é essencial. O dialogo sempre nos proporciona conquistas”, argumenta. 

Já o presidente da Câmara, Heraldo Noronha (PTB), disse que é papel da Câmara cobrar explicações. “Continuaremos cobrando da Vale mais informações relacionadas à segurança das barragens de Itabira. Eu, como presidente da Câmara, junto com todos os vereadores, mantemos contato diariamente com a Vale, exigindo esclarecimentos e reivindicando os planos de emergência para Itabira”, finalizou. 


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.