Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
Garoto com leucemia, de Itabira, precisa de doações de plaquetas

Doações de plaquetas a Miguel podem ser feitas no Hemominas

Publicado em 09/09/2017 - 10h42

Miguel Pontes Cerceau, um pequeno itabirano de quatros anos de idade, precisa de ajuda. Diagnosticado com leucemia, ele está em tratamento na unidade pediátrica do Hospital São Lucas, em Belo Horizonte, e necessita de doações de plaquetas.

O garotinho é filho dos itabiranos Rafael Cerceau e Fernanda Pontes. Há aproximadamente dez dias, Miguel finalizou a terceira sessão de quimioterapia e responde bem ao tratamento contra leucemia mieloide aguda (LMA), conta o pai dele. As doações, dessa forma, são fundamentais ao tratamento de Miguel.

A doação de plaquetas é desconhecida por muitos. O nome do procedimento feito para essa doação é aférese. Diferentemente da doação de sangue, o procedimento filtra apenas as plaquetas. Na aférese, é retirado o sangue do doador apenas na porção necessária, recolhendo as plaquetas doadas por meio de centrifugação.

A Fundação Hemominas esclarece que somente homens podem doar plaquetas. O método é simples e seguro e dura em média, 1 hora e 30 minutos.

As doações podem ser feitas nas unidades da Fundação Hemominas em Belo Horizonte (alameda Ezequiel Dias), Montes Claros, Uberaba, Uberlândia, Juiz de Fora e Passos.

O arquiteto Rafael Cerceau cita que as doações para repor o banco de plaquetas ajudarão não somente Miguel, como tantas outras crianças em tratamento contra a leucemia.

Outras informações sobre doação por aférese, ligue 155 – opção 8.

Doações de sangue 

As doações de sangue também são necessárias ao garoto, frequentemente. Qualquer tipo é bem-vindo para repor o banco do hemocentro. A Fundação Hemominas ressalta que, embora as mulheres não estejam nos critérios de doação de plaquetas, são fundamentais à doação de sangue.

Todas as informações sobre os procedimentos e como doar podem ser consultadas no site www.hemominas.mg.gov.br.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.