Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
EMPREGABILIDADE
Em visita à Samarco, governo de Catas Altas busca informações sobre contratação de mão-de-obra do município

É o segundo encontro do prefeito do município com representantes da empresa de mineração para discutir esse tema

Publicado em 16/10/2018 - 08h46
Representantes do governo conversaram com diretores da Samarco - Foto: Acom PMCA

Representantes da Prefeitura de Catas Altas estiveram na sede da Samarco, em Mariana, no último dia 11 de outubro, e aproveitaram para cobrar um posicionamento da empresa sobre a contratação de mão de obra do município.

Em maio deste ano, a companhia havia firmado um compromisso de que 85% das vagas disponíveis seriam destinadas para Catas Altas, Mariana e Ouro Preto. Na ocasião, o prefeito José Alves Parreira e o vice-prefeito Fernando Rodrigues Guimarães discutiram a possibilidade da participação dos catas-altenses no processo seletivo da obra de reconstrução de Bento Rodrigues, por conta dos danos provocados pelo rompimento da barragem de Fundão.

Os representantes da Samarco justificaram, porém, que as obras no distrito estão sendo executadas pela Fundação Renova e, de acordo com o Termo de Acordo assinado, devem priorizar a contratação de mão de obra e de fornecedores de empresas de Mariana. Apesar disso, a empresa reafirmou o compromisso de dar atenção a Catas Altas, priorizando os trabalhadores locais nas obras executadas pela Companhia.

Segundo o prefeito José Alves Parreira, é de interesse do município que as operações da Samarco sejam retomadas. “É claro que não temos que fechar os olhos para o que aconteceu, mas sabemos da importância da mineradora não só para a região como para o Brasil. O que nós queremos pedir é que, quando as contratações forem realizadas, a Samarco reserve algumas vagas para Catas Altas”, disse durante a reunião que contou ainda com a presença do vice, Fernando Rodrigues Guimarães, da secretária de Administração e Fazenda, Neide Odália, e do secretário de Serviços Urbanos, Obras e Viação, Sidney Parreira.

“Nosso objetivo é gerar emprego e renda para nossos moradores. Por isso nossa luta para que a empresa pense de forma regional, dando oportunidade também para os catas-altenses”, completou o vice Guimarães. Ele reforçou ainda que vários catas-altenses que aderiram ao plano de demissão voluntária já estão sendo chamados pela empresa para fazerem exames médicos para o retorno ao trabalho. “Isso já é uma conquista para o município”, destaca.

Ainda durante a visita, os representantes da Samarco mostraram um pouco da situação atual da empresa e seus números, recapitularam a tragédia em Bento Rodrigues e apresentaram algumas ações que estão sendo tomadas para o retorno das atividades, após três anos de paralisação.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.