Domingo, 27 de Maio de 2018
ENTRAVE
Em reunião em Itabira, superintendente do Dnit aponta falta de verba para obras na BR-381

Fabiano Cunha participou de encontro das Associações Comerciais do Médio Piracicaba e não deu boas notícias aos empresários

Publicado em 15/05/2018 - 15h38
Fabiano Cunha falou sobre a 381 em Itabira - Foto: Acom Acita

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Minas Gerais, Fabiano Cunha, participou nessa segunda-feira, 14 de maio, de uma reunião na sede da Associação Comercial Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita). Falando a dirigentes de associações comerciais de todo Médio Piracicaba, o responsável pelo órgão no estado não foi portador de boas notícias. Disse que falta verba para dar às obras de duplicação da BR-381 a celeridade necessária e que sua equipe tenta sensibilizar o governo federal a investir mais no projeto.

Segundo o superintendente, o projeto completo de expansão da BR-381 Norte, que abrange os 303 quilômetros entre Governador Valadares e Belo Horizonte, tem orçamento estipulado em R$ 5,14 bilhões. Desse total, até hoje, cerca de quatro anos após o início das obras, foram investidos R$ 758 milhões, algo em torno de 14% do total.

Fabiano também falou especificamente dos lotes 3.1 e 7 das obras de expansão, que englobam as cidades do Médio Piracicaba. Essa parte do projeto é mais adiantada atualmente, mas também está longe de ter os recursos necessários garantidos. De acordo com o superintendente do Dnit de Minas Gerais, nesse trecho, que vai de Antônio Dias a Caeté, seriam necessários R$ 510 milhões, mas o Governo Federal só empenhou R$ 228 milhões até o momento.

“Estamos solicitando um acréscimo de R$ 100 milhões na verba prevista para este ano, com isso conseguiremos ampliar 30 km de pavimentação. Na situação atual é o que podemos cumprir, estamos comprometidos a concluir essa obra”, garantiu Fabiano Cunha. Ele também apontou aos empresários que foi definido um planejamento estratégico para o ano de 2018 e que o Dnit segue essa diretriz para avançar com as obras o máximo possível.

Representantes de associações comerciais discutiram melhorias para a BR-381 – Foto: Acom Acita

Após a apresentação do superintendente, o presidente da Acita e mediador do encontro, Eugênio Müller, fez alguns questionamentos sobre as obras da 381. Em seguida, os participantes se manifestaram. Foi apontada pelos presentes a dificuldade de locomoção em alguns trechos que estão perigosos e sem sinalização. Fabiano cunha prometeu levar as reclamações para solucionar os problemas apresentados.

A reunião na Acita contou com a participação de representantes das associações comerciais de Alvinópolis, Barão de Cocais, Santa Bárbara, João Monlevade, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, Bela Vista de Minas, Nova Era e de Nova Lima, que compareceu à reunião para conhecer o movimento.

Formado em 2016, o movimento de união das associações da região debate, desde então, pontos que resultariam em um desenvolvimento conjunto dos municípios. O principal tema debatido tem sido a duplicação da BR-381.

Diretores de associações comerciais da região se uniram para debater o desenvolvimento dos municípios – Foto: Acom Acita

LEIA TAMBÉM


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.