Sábado, 20 de Julho de 2019
Brumadinho
Em nota, Vale confirma “afastamento temporário” de presidente e outros três executivos

Executivo apresentou neste sábado o pedido de afastamento, imediatamente aprovado pelo conselho da empresa

Publicado em 02/03/2019 - 23h00
Em uma nota oficial divulgada nesta noite de sábado, dia 2, a Vale informa que o diretor-presidente da companhia, Fabio Schvartsman, se afastou do comando da empresa. O conselho de administração da companhia aprovou o afastamento. A decisão foi tomada após a força tarefa que investiga o rompimento da barragem de Brumadinho (MG) recomendar o afastamento do executivo e de outros 13 empregados da mineradora.

Em carta endereçada ao Conselho de Administração da Vale, Schvartsman pediu o afastamento temporário das funções “em benefício da continuidade das operações da companhia e do apoio às vítimas e a suas famílias”.

O Conselho de Administração da Vale decidiu afastar, além de Schvartsman, mais três diretores. A Polícia Federal informou que recebeu dos advogados dos diretores Peter Poppinga, Lucio Cavalli e Silmar Silva o pedido de afastamento deles. O conselho da Vale também informou ter recebido o pedido de afastamento dos três –e “imediatamente” os aceitou.

O diretor-executivo Eduardo Bartolomeo vai assumir interinamente a presidência da Vale. A empresa disse, em nota, que seu “Conselho de Administração permanece em prontidão, na busca de um relacionamento transparente e produtivo com as autoridades brasileiras visando o esclarecimento dos fatos, a reparação apropriada dos danos e a integridade da empresa e que manterá a sociedade e os mercados informados sobre qualquer fato novo” (leia a íntegra abaixo).

Vale informa sobre afastamento temporário de executivos
 
​​A Vale informa que, ao final de sexta-feira, 01.03.19, seu Conselho de Administração recebeu do Ministério Público Federal, do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, da Polícia Federal e da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais a Recomendação nº 11/2019 com considerações e recomendações sobre afastamento de alguns executivos e colaboradores nos diversos níveis organizacionais da companhia.
O Conselho manteve reuniões durante a noite de sexta-feira 01.03.19 e a manhã de sábado, 02.03.19, incluindo interações com executivos da companhia. Durante as suas discussões, o Conselho recebeu, dos próprios executivos Fabio Schvartsman (Diretor-Presidente), Gerd Peter Poppinga (Diretor-Executivo de Ferrosos e Carvão), Lucio Flavio Gallon Cavalli (Diretor de Planejamento e Desenvolvimento de Ferrosos e Carvão) e Silmar Magalhães Silva (Diretor de Operações do Corredor Sudeste), os pedidos de afastamento temporário de suas funções, que foram imediatamente aceitos.
O Conselho de Administração acionou então o plano de interinidade previamente discutido: nomear Eduardo de Salles Bartolomeo (atual Diretor-Executivo de Metais Básicos) como Diretor-Presidente interino da Vale a partir desta data. Claudio de Oliveira Alves (atual Diretor de Pelotização e Manganês) ocupará interinamente a função de Diretor-Executivo de Ferrosos e Carvão e Mark Travers (atual Diretor Jurídico, de Relações Institucionais e Sustentabilidade de Metais Básicos) ocupará interinamente a função de Diretor-Executivo de Metais Básicos.
A Vale informa também que seu Conselho de Administração permanece em prontidão, na busca de um relacionamento transparente e produtivo com as autoridades brasileiras visando o esclarecimento dos fatos, a reparação apropriada dos danos e a integridade da empresa e que manterá a sociedade e os mercados informados sobre qualquer fato novo.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.