Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
Meio Ambiente
Ecofolia 2019 recebe estudantes de diversos estados em Ipoema

O foco do projeto é o envolvimento do público alvo, turistas e comunidade local, com o parque, possibilitando o fortalecimento dessa relação

Publicado em 02/03/2019 - 18h20
Anderson Cerceau recebendo a homenagem a estatueta de parceiro do Parque do Limoeiro

O Projeto Ecofolia realizado no Parque Estadual Mata do Limoeiro, em Ipoema, está em sua 6° edição e reúne 35 estudantes de 11 cidades diferentes do país. Com a proposta de passar um Carnaval diferente, os universitários voluntários  tem como objetivo desenvolver ações direcionadas para a educação ambiental na sede da reserva e em comunidades do entorno durante a folia.

O foco do projeto é o envolvimento do público alvo, turistas e comunidade local, com o parque, possibilitando o fortalecimento dessa relação. O Ecofolia 2019 está trabalhando o tema “ Água e Comunidades” possui o apoio de diversas entidades, moradores, autoridades governamentais, de segurança, de ensino de nível superior, pesquisadores, grupos de comunicação, entidades comerciais e empresariais e atores de muitos segmentos sociais.

Na programação, os participantes estão participando de palestras, oficinas de reciclagem e artesanato, rodas de conversa, plantio de mudas, trilhas noturnas e outras atividades de incentivo ambiental. Para Alex Amaral, gestor do parque a realização de ações de educação ambiental como um processo responsável é muito importante por “formar indivíduos preocupados com os problemas ambientais, que busquem a conservação e preservação dos recursos naturais e a sustentabilidade. O projeto a cada ano vem crescendo e envolvendo mais participantes”.

O itabirano Vinicius Geraldo Almeida, engenheiro ambiental e mestrando na Universidade Federal de Ouro Preto, conheceu o projeto em edições passadas através de amigos, e está participando do evento pela segunda vez. “Vejo o ecofolia como uma forma de utilizar o feriado de forma proveitosa, de me conectar mais com o meio ambiente, de conhecer novas histórias e pessoas”, explica.

Vinicius ainda pontua a relevância de iniciativas como o Ecofolia. “O motivo principal de participar deste carnaval diferente é essa chance de agregar mais conhecimento ao aspecto social de minha formação e deixar de alguma forma um legado no mundo: pois o projeto propicia atividades de plantio de mudas que colaboram com a recuperação de áreas no entorno do parque; nos contatos comunitários onde usamos um pouco de nosso conhecimento acadêmico para sanar dúvidas ambientais da comunidade local, por exemplo”, pontua.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.