Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
ACIDENTE
Colisão entre moto e caminhão deixa um morto e outro ferido na MGC-262 em Santa Bárbara

O motoqueiro ficou com a mão esquerda presa debaixo do pneu dianteiro do caminhão, sofreu várias fraturas, afundamento de crânio e morreu no local.

Publicado em 14/10/2018 - 12h24

Um grave acidente vitimou fatalmente um jovem de 25 anos na madrugada deste sábado, 13 de outubro. Tássio Sabino, que pilotava sua motocicleta, bateu de frente com um caminhão na altura do km 229 da MGC-262 em Santa Bárbara. O passageiro, Vitor Gonçalves Dias,18 anos, que estava na garupa, foi socorrido em estado grave.

O motorista do caminhão, que estava carregado com eucalipto, disse aos policiais que seguia em direção à Santa Bárbara, e em uma subida, ao começar fazer uma curva, deparou com a motocicleta que veio tombando no sentido contrário.

O caminhoneiro afirmou que após a motocicleta tombar com os dois ocupantes, o veículo bateu de frente com o caminhão e chiou para debaixo do seu veículo. O motoqueiro Tássio Sabino que ficou com a mão esquerda presa debaixo do pneu dianteiro do caminhão, sofreu várias fraturas, afundamento de crânio e morreu no local.

A vítima Vitor Dias que estava na garupa da motocicleta foi socorrida em estado grave para o hospital de Santa Bárbara, onde deu entrada com fratura exposta e dilaceração do pé esquerdo, além de fratura na costela e vários ferimentos pelo corpo. Segundo informações, devido ao seu estado de saúde, Vitor Dias seria transferido com urgência para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII em Belo Horizonte.

O local do acidente foi preservado para a perícia técnica da Polícia Civil de Itabira. Após os trabalhos periciais, o corpo de Tássio Sabino foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser examinado por um médico legista que fará o atestado de óbito.

A motocicleta estava com os pneus lisos e com a documentação irregular, tendo que ser apreendida e rebocada ao pátio credenciado. O motorista do caminhão, Geraldo Perdigão, foi convidado a acompanhar o encerramento da ocorrência na delegacia de Polícia Civil, onde confirmou para o delegado a sua versão constada na ocorrência feita pelos militares.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.