Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019
Fatalidade
Caminhoneiro morre em acidente em Nova Era

No caminhão havia mais duas pessoas, que no acidente se feriram

Publicado em 06/01/2019 - 10h07
Fotos: Thales Benício

Um grave acidente envolvendo uma carreta e um caminhão na madrugada deste domingo, 6 de janeiro, resultou na morte do caminhoneiro Wemerson Henrique Silva, 43 anos, e deixou três pessoas feridas. O acidente aconteceu na altura do km 474 da MGC-120, na localidade de Capoeirana, em Nova Era.

O carreteiro Vinícius Caldeira, 37, dirigia uma Mercedes Benz, com placa de Bela Vista de Minas, carregada com escória de minério, em direção à Nova Era. Em uma curva, ele perdeu o controle do veículo, que tombou em cima de um caminhão, que seguia com três pessoas no sentido contrário.

O caminhoneiro Wemerson Henrique seguia para Belo Horizonte com seu caminhão, com placa de Ipatinga. Ele estava acompanhado de Vinícius Rodrigues, 26, e Brasilino dos Santos, 47, quando foi surpreendido pela carreta, que tombou em cima do seu veículo, carregado com ferragens.

Resgate

A Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Itabira recebeu o chamado para socorrer as vítimas e enviou ao local uma Unidade de Suporte Avançado (USA) com um médico e outra de Suporte Básico (USB). Na chegada das equipes de socorro, o médico pôde apenas constatar o óbito do caminhoneiro, que teve morte instantânea.

O Grupo de Atendimento Voluntário de Emergência (Gave) de Nova Era também foi acionado. Os dois passageiros do caminhão sofreram ferimentos e foram levados para o Hospital Margarida, em João Monlevade, já o carreteiro, sofreu leves ferimentos e foi socorrido em uma ambulância do Samu para o Pronto Socorro de Itabira.

Segundo informações, Brasilino deu entrada na unidade de saúde em estado grave e precisou ser submetido à cirurgia. Os militares do Corpo de Bombeiros Militar, de Itabira, também foram empenhados na ocorrência.

Interdição

O caminhão em que estava a vítima fatal ficou completamente destruído e a carga dos dois veículos espalhadas na pista. O local foi preservado para a perícia técnica da Polícia Civil de João Monlevade. Após os trabalhos periciais, os bombeiros retiraram o corpo de Wemerson das ferragens, que foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), para ser examinado por um legista.

A pista ficou completamente interditada para os trabalhos de resgate, perícia e remoção dos veículos acidentados. Segundo a polícia, houve congestionamento com cerca de cinco quilômetros, em ambos os sentidos da rodovia, que só foi liberada por volta das 9h da manhã.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.