Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018
ESPORTE RADICAL
Barro, montanhas, curvas e adrenalina: Rally Minas Brasil põe pilotos à prova em Conceição do Mato Dentro

Trajeto montado pela organização ficou ainda mais complicado por causa da forte chuva que caiu durante a noite

Rodrigo Andrade Publicado em 10/03/2018 - 16h46
Pilotos de todo Brasil desafiam pista complicada em Conceição do Mato Dentro - Rodrigo Andrade/DeFato

Pilotos de todo Brasil colocam à prova as suas habilidades no Rally Minas Brasil, disputado em Conceição do Mato Dentro. A largada foi dada neste sábado, 10 de março, na localidade do Dourado, próximo ao distrito de Tabuleiro. Cerca de 80 participantes desafiam o percurso pesado montado pela organização e que ganhou ainda mais dificuldade por causa da forte chuva que caiu sobre o município durante a última noite.

Também por causa da chuva a organização da competição, a cargo da empresa Rallymakers, decidiu por encurtar o trajeto. O percurso inicial teria 150 quilômetros, mas os pilotos agora correm em uma pista com cerca de 60 quilômetros. Isso, porém, não significa mais facilidade. Os competidores estão demorando até duas horas para concluir o trajeto.

População acompanha de perto o rally em Conceição do Mato Dentro – Rodrigo Andrade/DeFato

O Rally Minas Brasil abre oficialmente o calendário da modalidade no Brasil. A competição vale pontos para os campeonatos brasileiros de Rally Cross Country e Rally Baja, além do Campeonato Mineiro de Rally.

A pista conceicionense inclui muitos pontos enlameados, subidas fortes em meio a pedras e curvas fechadas. As características são bem diferentes das que eram encontradas nas provas de aberturas de calendário dos anos anteriores, que tradicionalmente aconteciam em Barretos. Na cidade do interior paulista, o trajeto era em maioria tomado por canaviais e muitas áreas de salto. Em Conceição, os carros não atingem suas maiores velocidades, mas a habilidade é testada a todo o momento.

Neste primeiro dia, cada piloto faz o percurso duas vezes. Um por um, eles largam e o cronômetro é disparado. Os resultados acumulados deste sábado definem a ordem de largada no domingo, 11, último dia de prova. Os mais rápidos a concluírem todas as etapas serão os vencedores de cada categoria. O Rally Minas Brasil é disputado em motos, quadriciclos, UTVs e carros.

Motos também desafiam percurso do Rally Minas Brasil – Rodrigo Andrade/DeFato

Tornar tradição

Minas Gerais recebe a abertura do calendário brasileiro de rally após uma década. Nos últimos dez anos, o início aconteceu em Barretos. Segundo o prefeito José Fernando Aparecido de Oliveira, a missão é tornar a prova tradicional em Conceição do Mato Dentro, incluindo o município definitivamente na rota dos principais pilotos do Brasil.

“Desde que assumimos, nos propusemos a reacender o turismo de Conceição do Mato Dentro. E ter aqui uma etapa do campeonato brasileiro de rally só fortalece essa nossa bandeira. Queremos que se torne tradição e que tenhamos aqui competições de alto nível”, disse o prefeito, durante a abertura oficial do Rally Minas Brasil, na noite de sexta-feira, 9 de março, na praça Ubaldina.

Prefeito José Fernando falou sobre a missão de desenvolver o turismo em CMD – Igor Procópio/DeFato

Durante o evento de abertura, os pilotos exibiram suas máquinas à população. Os conceicionenses vibraram com os roncos dos motores, especialmente as crianças, que não escondiam a excitação de ver os veículos de perto.

 

Veja mais fotos do rally em Conceição do Mato Dentro: 

Resultados – Rally Minas Brasil – Primeiro dia

Categoria Motos

1º Elias Campideli Folly, 3h22min02s

2º Francine Rossi, 3h22min10s

3º Kelder Campos, 3h24min51s

4º Rubens Neiton, 3h26min02s

5º Marco Antonio Pereira, 3h28min11s

Categoria Quadriciclos

1º Geison Pinheiro Belmont, 3h40min19s

2º Eduardo Birkman, N/C

3º Richard Amaral, N/C

Categoria UTVs

1º  Rodrigo Varela, 3h05min43s

2º Cristiano Batista, 3h06min02s

3º André Hort, 3h07min20s

4º Daniel Costa, 3h07min27s

5º Bruno Varela, 3h07min34s

Categoria Carros

1º Jorge Wagenfuhr Júnior e Ivo Renato Mayer, 3h18min05s

2º Luiz Facco e Humberto Ribeiro, 3h24min00s

3º Marcos Baumgart e Cleber Cincea, 3h26min09s

4º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 3h26min57s

5º André Miranda e Cadu Sachs, 3h31min28s

 

 

LEIA TAMBÉM


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.