Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2019
RESPOSTAS
Barragem Superior Sul em Barão de Cocais será verificada por empresa alemã

A última verificação realizada pela equipe da Vale não detectou nenhuma anormalidade.

Carol Vieira Publicado em 09/02/2019 - 09h29
Há 15 km de distância do centro da cidade, a estrutura faz parte do complexo da Vale Mariana-Brucutu

Depois do alerta sobre o risco de rompimento da barragem Superior Sul, pertencente a mina de Gongo Soco, uma empresa alemã especialista em análise de estabilidade fará uma nova inspeção e emitirá um laudo com considerações no próximo domingo, 10 de fevereiro.

Seguindo o Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração, a mineradora continua realizando o monitoramento das condições da barragem de quatro em quatro horas. A última verificação realizada pela equipe não detectou nenhuma anormalidade. Até a emissão do novo laudo, o nível de alerta permanece como “nível 2”,ou seja, determinação para evacuação.

Por meio de nota, a empresa garante que continua monitorando as condições de estabilidade da estrutura e informa que implantará um equipamento com capacidade de detectar movimentações milimétricas. “A Vale permanece reunida com as autoridades locais para monitorar e proceder com as ações de segurança e de apoio recomendadas. A empresa, em conjunto com as autoridades, manterá as comunidades informadas permanentemente sobre a questão”, afirma

Na madrugada do dia 8 de fevereiro, moradores de Barão de Cocais -MG, foram evacuados depois da determinação de alerta da Agência Nacional de Mineração (ANM) após a Vale comunicar que estaria dando início ao nível 2 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.