Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
patrulhamento preventivo
Alegando “estar em guerra” com criminosos, homem em liberdade condicional acaba preso com arma

O homem disse que adquiriu a pistola devido a “estar em guerra” com várias pessoas ligadas ao crime

Publicado em 11/01/2019 - 11h54
Fotos: Thales Benício

Um homem, de 47 anos, que estava em liberdade condicional, foi preso por volta das 2h30 da madrugada de sexta-feira, 11 de janeiro. Ele foi detido depois que militares da Polícia Rodoviária Estadual encontraram dentro de seu carro uma pistola semi-automática de calibre 380. A prisão do suspeito aconteceu na altura do km 4 da AMG-900, próximo ao bairro Conceição de Cima, em Itabira.

Durante o patrulhamento preventivo, os policiais depararam com um Gol 1.0 preto, com um casal em atitude suspeita. Os militares deram ordem de parada ao motorista do veículo, e em seguida, solicitaram que os dois ocupantes descessem do carro. Durante as buscas no interior do veículo, os policiais encontraram a pistola no assoalho atrás do banco do motorista. A arma estava carregada com 15 munições intactas e uma delas já estava pronta para o disparo. O motorista apresentou suspeita de ter usado bebida alcoólica, e foi submetido ao teste do bafômetro, porém se recusou a soprar o aparelho.

Ao ser questionado sobre a arma, o homem disse que adquiriu a pistola devido a “estar em guerra” com várias pessoas ligadas ao crime e que só iria falar em juízo. Os militares verificaram que o suspeito possui diversas passagens pela polícia e se encontrava em liberdade condicional.

O homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e por dirigir sob efeito de álcool. Após o registro da ocorrência, o detido foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi entregue ao delegado de plantão, que está tomando providências pertinentes ao caso.


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.