Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014 -

Programa para atrair médicos já recebeu a adesão de 915 estrangeiros

17/07/2013 18h11
Celso Martins

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde mostra que 915 médicos estrangeiros se inscreveram até agora no Programa Mais Médicos. Em uma semana foram 11.701 médicos e 753 municípios inscritos. Do total de profissionais que deram início ao cadastro, 9.366 se formaram no Brasil e 2.335 no exterior, 10.786 são de nacionalidade brasileira e os demais são estrangeiros.

O programa pretende ampliar a presença de médicos em regiões carentes, como municípios do interior e periferias de grandes cidades. As inscrições para o Mais Médicos seguem abertas até 25 de julho e podem ser feitas pelo site do Ministério da Saúde, www.saude.gov.br.

Os médicos participantes receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, ajuda de custo e farão especialização em Atenção Básica. O programa integra um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do SUS, com objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde, além da chamada de médicos com foco nas regiões de maior vulnerabilidade social.

Segundo o Ministério da Saúde, a iniciativa prevê ainda a expansão do número de vagas de medicina e de residência, o aprimoramento da formação médica no Brasil e a chamada imediata de médicos com foco nos municípios de maior vulnerabilidade social e Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, destacou que os municípios ao se inscreverem devem indicar a unidade de saúde em que há falta de médicos na sua região. “Estamos acompanhando diariamente as inscrições de médicos e municípios. Temos um cadastro que mostra a infraestrutura das unidades básicas de saúde e, além de checarmos isso, os municípios têm que aderir aos programas do Ministério da Saúde para melhorar sua infraestrutura”, afirmou Padilha.

Celso Martins é repórter do Jornal Hoje em Dia, colunista de DeFato Online e autor do blog TudoViagem.

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Saúde
Mais
Emprego