Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017 -
JOÃO MARCOS

Presidente mais jovem prega união e engajamento entre vereadores de Conceição

16/02/2017 11h52
DIVULGAÇÃO
Vereador João Marcos é o mais jovem a assumir a presidência da Câmara de Conceição do Mato Dentro

A primeira formação da nova legislatura da Câmara Municipal de Conceição do Mato Dentro já entrou para a história. João Marcos Otoni Seabra de Souza (PSL), aos 24 anos, se tornou o parlamentar mais jovem a assumir a cadeira de presidente do Legislativo. O vice-presidente é Wander Rosa Santana (PTB). Compõem a mesa diretora ainda Tico do Silvério (PSB), primeiro secretário, e Gilberto do Tabuleiro (PSL), segundo secretário.

A composição da chapa foi tranquila, segundo João Marcos. Dos 11 vereadores, dez votaram a favor e apenas um se absteve. “Fiquei surpreso pelo consenso. Acredito que, pelo fato de eu ser uma pessoa tranquila, os meus colegas confiaram em mim para essa missão de dirigir o Legislativo. Eu já era o vereador mais jovem do município, agora sou o presidente de Câmara mais jovem também”, declarou João Marcos.

Em entrevista a DeFato, o presidente fala dos desafios e projetos à frente do Legislativo:


Vereador João Marcos, em foto com o deputado federal Gabriel Guimarães e o governador Fernando Pimenetel                        Foto: Divulgação

Quais são suas expectativas como presidente da Câmara de Conceição?

Fui eleito pela primeira vez, aos 20 anos, como o vereador mais jovem da história de Conceição do Mato Dentro. E agora, com a confiança de todos os colegas vereadores, conseguimos registrar uma chapa única que tem um pouco de tudo: um pouco da juventude, um pouco da experiência e muito entusiasmo. A nossa chapa está muito entusiasmada. São vereadores que gostam de fazer política, são muito próximos do povo e dedicam exclusivamente à função.

Está preparado para o desafio?

Acredito que o desafio é grande, mas com a união de todos (isso já foi demonstrado na construção do meu nome como presidente) faremos um trabalho de qualidade. Fui o presidente mais votado da história recente do Legislativo conceicionense, com dez votos a favor e uma abstenção. Isso mostrou a união dos vereadores e a vontade de trabalhar por uma Conceição melhor, mais justa e transparente.

Tem algum projeto que é prioridade na sua gestão?

A primeira medida que tomamos nesses primeiros dias, juntamente com os demais vereadores, foi a ampliação do ponto biométrico. A partir desta segunda-feira (17 de janeiro), todos os ocupantes de cargos de confiança também vão ter de bater ponto e trabalhar oito horas por dia. Essa foi uma conquista dos 11 vereadores. Estamos vendo uma crise política e de moralidade muito grande em nosso país e queremos tratar a coisa pública como tem de ser. A gente tem de demonstrar para o povo que a coisa pública tem de ser correta e transparente. Ninguém está aqui de brincadeira. Estamos aqui para trabalhar e ajudar o próximo, principalmente os mais necessitados.

E a relação da Câmara com a Prefeitura?

Os poderes são harmônicos, mas independentes. Entre nossas atribuições, está a de fiscalizar o Executivo, de cobrar, levar a voz do povo ao Executivo. A função do vereador é fiscalizar e, como ele está muito próximo da população, consegue intermediar as demandas. Para isso, precisamos ter um bom diálogo e um bom relacionamento.

 O que mais gostaria de ressaltar?

Gostaria de mandar uma mensagem de muito entusiasmo a todos os cidadãos conceicionenses. A população pode ter certeza de que os 11 vereadores estarão aqui à disposição de todos para qualquer demanda. Tenho certeza de que nos próximos quatro anos todos terão orgulho dos nossos vereadores.

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Política
Mais
Emprego