Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2017 -
SELEÇÃO MINUCIOSA

Internos da Apac de Itabira farão "estágio" em unidades de outras cidades

16/02/2017 19h55
Rodrigo Andrade
RODRIGO ANDRADE/DEFATO
Juíza Cibele Mourão conversou com vereadores sobre a Apac

A juíza da 2ª Vara Criminal de Itabira, Cibele Mourão, visitou a Câmara de Vereadores no fim da tarde desta quinta-feira, 16 de fevereiro, para falar sobre a Associação de Proteção de Assistência ao Condenado (Apac). A presença da magistrada foi motivada pela recente manifestação de moradores da região do Córrego do Meio contra a construção do Centro de Reintegração Social (CRS) na localidade, durante reunião ordinária do Legislativo, e pela reação do presidente da Casa, Neidson de Freitas (PP), que se mostrou favorável ao método de reinserção e rebateu os manifestantes.

Em conversa com os vereadores, a juíza falou sobre detalhes da Apac e contou sobre os preparativos finais da unidade de Itabira. O CRS deve ficar completamente pronto no fim de março e a inauguração acontece tão logo os primeiros internos já estejam selecionados. Sobre os recuperandos, a magistrada acrescentou que todos serão escolhidos minuciosamente e que, inclusive, farão uma espécie de estágio em outra Apac para que haja certeza que eles estão aptos a frequentarem o método.

“A finalidade é eles conhecerem a metodologia por inteiro. Vivenciar uma Apac é muito diferente de você ler sobre a Apac. Eles vão sentir essa emoção de estar em um Apac, de conviver com outros recuperandos que já estão com essa metodologia introjetada. Vão sentir um conforto de serem tratados com uma dignidade maior e vão dar o devido valor a essa obra que nós estamos construindo com tanto carinho para que as penas sejam cumpridas como a Constituição manda”, afirmou a juíza.

A seleção dos primeiros internos da Apac de Itabira deve começar nos próximos dias. O levantamento inicial é feito pela diretoria da associação, que enviará os nomes à juíza. Em seguida, Cibele Mourão fará uma analise completa de cada indicado. Essa triagem verifica vários pontos, desde a vontade do detento à sua vida pregressa. Outro fator fundamental é que esse interno tenha ligações familiares com Itabira.

O presidente da Apac de Itabira, Danilo Alvarenga, também participou da reunião com os vereadores. Segundo ele, a associação está em fase de treinar voluntários. Houve até surpresa com o número de inscritos. “Abrimos seleção para capacitar 50 voluntários e apareceram 70 pessoas querendo”, comemorou.


Vereadores conversam com a juíza Cibele Mourão                                                                                           Foto: Rodrigo Andrade/DeFato

Apoio

A juíza Cibele Mourão celebrou o fato de a Câmara de Vereadores agora apoiar, institucionalmente, a Apac, algo que não acontecia nos anos anteriores. A magistrada foi diplomática ao comentar a resistência de vereadores da última legislatura, mas não escondeu o alívio recente.

“Na verdade, no ano passado eu não sentia uma resistência da Câmara, mas de alguns vereadores individualmente. Ouvir agora o apoio da Casa como instituição, isso nos ajuda muito. O apoio é sempre muito bem vindo. Isso nos fortalece porque os vereadores são os representantes do povo e, com isso, a gente tem a certeza de que a população como um todo está vendo a Apac com bons olhos. Essa certeza de que o trabalho está sendo bem feito e bem aceito, isso nos fortalece e nos dá coragem para prosseguir”, disse Cibele Mourão.

No ano passado, principalmente, o tema Apac foi recorrente na Câmara de Itabira, prevalecendo o tom contrário à instalação do CRS em Córrego do Meio. Vereadores chegaram a participar de uma passeata que pedia a construção da associação em outro local. Na última reunião do Legislativo, depois de ouvir o posicionamento de Neidson, o ex-presidente Rodrigo Diguerê (PV) se defendeu e defendeu os colegas. “O tempo era outro, naquele momento poderíamos tentar fazer algo”, afirmou.


Vereadores da última legislatura durante protesto contra a Apac em Córrego do Meio                                          Foto: Rodrigo Andrade/DeFato

Na reunião com a juíza nesta quinta-feira, dos vereadores que se reelegeram, apenas Ronaldo Capoeira (PV) participou do encontro. Allaim Gomes (PDT), Rodrigo Diguerê, Solimar Silva (SD) e Paulo Soares (PRB) não compareceram. 

Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego