Sexta-feira, 23 de Junho de 2017 -
JOÃO MONLEVADE

Padre celebra casamento, mas noiva só chega ao fim da cerimônia

Religioso afirma que foi ameaçado pela noiva para realizar cerimônia em determinado horário, mas a própria mulher se atrasou no dia marcado
10/01/2017 09h45
JORNAL A NOTÍCIA
Caso ocorreu na igreja Nossa Senhora da Conceição, na região central de João Monlevade

Um fato curioso aconteceu em João Monlevade no último fim de semana, mais precisamente no sábado, 7 de janeiro. Um padre celebrou um casamento na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na região central da cidade, mas a noiva só chegou ao fim da cerimônia. A história foi narrada pelo próprio religioso, ao fim da missa das 10h, no domingo.

Segundo o jornal A Notícia, o padre Roberto Baía de Souza disse que tentou negociar com uma noiva que estava com o casamento marcado para o sábado às 20h. Ele contou que tinha uma celebração às 19h e que os dois horários seriam incompatíveis. Além disso, o outro padre da paróquia estava de férias. O religioso comentou ainda que sugeriu a indicação de um diácono para o celebrar o casamento, mas não adiantou. A mulher teria insistido e ameaçado perseguir o padre, chamar a polícia e processar a ele, à paróquia e à Diocese Itabira-Coronel Fabriciano.

Pois, bem. O padre, então, cancelou a missa das 19h que faria em outra igreja e foi para o casamento. No entanto, às 20 horas, com todos os convidados e o noivo já no interior do templo, a própria noiva ainda não havia aparecido. Mesmo assim, ele deu início ao matrimônio, no horário exigido pela mulher. 

Quando o casamento estava quase no fim, a noiva finalmente entrou na igreja, sem marcha nupcial e sem a pompa típica dos casamentos. Ao perceber que a cerimônia havia ocorrido na sua ausência, a mulher ainda discutiu com o padre na frente dos convidados. O religioso informou que terminou a cerimônia, preferiu “não bater boca” com a noiva, retirou a estola e deixou o templo. O casal não teve os nomes revelados.

De acordo com o jornal A Notícia, após a missa do domingo, o padre Roberto disse que estava explicando a situação para evitar fofocas e distorção do ocorrido. “Eu não sou moleque e as coisas de Deus não podem ser tratadas dessa maneira. Eu respeitei o horário que ela queria, mas foi ela quem não chegou a tempo”, disse.  

Com informações do Jornal A Notícia
Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
15/03/2017 - 10h04
maria geralda de freitas.
santa barbara mg
parabenspara padreMOISES NA BIBLIA se fez leié lei é p/ser cumprida.Alem do mais a noiva o ameaçou.Coitada pobre de espirito ealma.sem contar q/ opadre cancelou á missa,para sastifazer o ego dela´´e a bonitona mostrando graça.hei vá trabalhar na rede globo.kkkkkkk.
1 0
25/02/2017 - 01h49
Maria Inez
João monlevade
Muito estranho esse padre cometeu dois erros. Um qdo aceitou que a mulher determinasse o horário.Ficando totalmente nas mãos dela. Ela ditava ordem na casa que é dirigida por ele. Segundo realizando uma cerimônia de casamento sem a noiva. Ele fez de uma cerimônia séria diante do Santíssimo um teatro humorístico. Não se deu ao respeito em momento algum.Um erro não justifica o outro.
0 1
18/01/2017 - 19h01
MARIA LUCIA VALADARES DE FREITAS
BELO HORIZONTE
O casamento nunca pode ser realizado só com o noivo. Faltou respeito por parte do Padre. Deveria então ter cancelado e marcado uma nova data.
0 5
18/01/2017 - 18h51
MARIA LUCIA VALADARES DE FREITAS
BELO HORIZONTE
Errado então cancelasse o casamento, todos os dois errados. Não se casa um noivo sozinho casamento é dois.
0 3
16/01/2017 - 01h05
Marco Antonio Ferreira
Itabira
Parabéns ao padre ele esta certíssimo
13 0
11/01/2017 - 01h10
Carla
João Monlevade
Parabéns para o padre, Atitude certíssima. A noiva fez exigências e ameaçou o padre e não cumpriu o horário. Estava achando que era dona da igreja e desrespeitando a casa de DEUS, o padre e os convidados. Esse Padre merece os parabéns. Essa regra deveria ser aplicada em todas paróquias,pois horário é horário, ainda mais que foi cancelado um compromisso só para atender a madame, fala sério.
58 1
10/01/2017 - 23h02
Luciano
João Monlevade
Quem sou eu para julgar a noiva, mas levando em consideração somente a versão do Padre que é a que foi publicada aqui, não concordo com a atitude dele de iniciar a cerimônia sem a noiva, ele deveria cumprir o horario combinado e se ela chegou no final ele deveria comunica-la que não faria mais a cerimônia devido ter passado do horário. Mas seria bom ter a versão da noiva também.
14 32
10/01/2017 - 22h46
Luciano
João Monlevade
Essa modinha de noiva se atrasar pra casamento parece que não acaba nunca, todo casamento que vou e a mesma coisa. Parabéns ao padre, o casamento foi criado por quem criou todas as coisas, Deus e todo cristão deve respeitar as coisas de Deus. Muito simples!
47 0
10/01/2017 - 16h28
Stela
Belo horizonte
Louvo a atitude do padre. Horário foi feito pra ser cumprido Respeito com os convidados isto sim ela deveria ter.Parabéns apara o padre , não o conheço e já gosto dele. Arrogante ele????? De jeito nenhum. Ela sim faltou com respeito aos convidados e a ele. Arrogância só dá parte dela. Desrespeito muito grande com as coisas de Deus. Casamento de fachada,bem feito pra ela. Queria um show então teve. Queria estar lá pra ver a cara dela.deve ter pagado muito caro pelo desfile até o altar que ela não teve. Tenho dó do noivo.
68 0
10/01/2017 - 16h23
Stela
Belo horizonte
Parabéns para este padre! Acho muita falta de respeito com os convidados e muita falta de respeito com o celebrante! Horário é horário. Senão fosse ora ser respeitado então pra que marcar a hora. Arrogante o padre? ?? De forma alguma a noiva sim .que o fez desmarcar uma celebração para fazer papelão deste. Louvo a atitude do padre! Esta certíssimo!
48 3
10/01/2017 - 15h48
Andrea Silva
JM
QUANTA ARROGÂNCIA DESSE PADRE? NÃO CONCORDO COM A ATITUDE. QUANDO EU ME CASEI TAMBÉM ATRASEI, MAS NÃO POR MINHA CULPA, O HORÁRIO TINHA MUITO TRANSITO. EU NUNCA FUI EM CASAMENTOS QUE COMEÇARAM EXATAMENTE NO HORÁRIO MARCADO.
16 100
10/01/2017 - 15h48
Amarildo Soares
belo horizonte
se o ze lopão nem teria tido o casorio , ele ta certo horario é horario e ela não exigiu o horário.
62 4
10/01/2017 - 12h55
Geuzilene
Itabira
O Padre tem toda razão quem exigiu o horário foi ela não foi. Ela deveria chegar no horário exigido. Parabéns ao padre que cumpriu a exigência da noiva.
100 6
10/01/2017 - 12h53
INDIGNADO
Itabira
O Padre deixou de celebrar uma missa pra celebrar um casamento por exigência dessa mulher e ainda chega super atrasada. Quem ela ta pensando que é: dona da Igreja. Isso foi chocante e muita falta de respeito com as autoridades religiosas e com a própria Religião.
132 5
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Cidade
Mais
Emprego