Domingo, 17 de Dezembro de 2017 -
AJUDA

Força Nacional começa a chegar no norte do país

10/01/2017 21h07
TOMAZ SILVA/AGÊNCIA BRASIL
Segundo a Força Aérea Brasileira, os primeiros dos 100 agentes que vão participar da operação desembarcaram em Manaus perto das 5h (horário de Brasília, 3h no Amazonas)

Agentes da Força Nacional de Segurança Pública começaram a chegar em Manaus nesta terça-feira, 10 de janeiro, para ajudar as forças policiais estaduais a tentar conter a crise no sistema penitenciário amazonense.

O pedido de reforço de pessoal e de equipamentos foi feita pelo governador José Melo, no último domingo (8), depois que pelo menos 64 presos foram assassinados em três estabelecimentos prisionais da capital. Na semana passada, o governo estadual já tinha pedido ao Ministério da Justiça o envio de tornozeleiras eletrônicas, scanners corporais, bloqueadores de sinal de celular e recursos para ampliar e reaparelhar o Instituto Médico Legal e o Instituto de Criminalística. 

Segundo a Força Aérea Brasileira, os primeiros dos 100 agentes que vão participar da operação desembarcaram em Manaus perto das 5h (horário de Brasília; 3h no Amazonas), a bordo de um avião C-99 da força. Um segundo grupo chegou à capital do estado as 10h30. Um terceiro voo estava previsto para partir da Base Aérea do Galeão para Manaus às 10h45.

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, anunciou na noite dessa segunda-feira, 9 de janeiro, que os policiais da tropa especial vão fazer policiamento, apoio nos bloqueios nas estradas e no perímetro das penitenciárias. Além disso, dez agentes penitenciários federais serão deslocados para o estado para colaborar com a administração dos presídios. O Departamento Nacional Penitenciário (Depen) vai realizar um diagnóstico das penitenciárias do Amazonas para propor um protocolo de segurança para estruturação do sistema, bem como um protocolo de segurança para revistas, atuação e treinamento operacional.

Agência Brasil
Se você não tem Facebook, utlize o formulário abaixo para comentar.
Você pode ser o primeiro a comentar.
Novo comentário
Sou cadastrado
Não sou cadastrado
Comentário
Leia mais em: Gerais
Mais
Emprego